O que é Outbound Marketing e como inserir na sua empresa

outbound marketing

O que é Outbound Marketing

 

Outbound marketing, também conhecido como Outbound Sales e marketing de interrupção. Como conceito, pode ser entendido por ser uma estratégia muito mais ativa, ou até mesmo agressiva do que o inbound marketing.

Podemos usar como exemplos os comerciais de TV, rádio, internet, outdoors, flyers, telemarketing, entre outros. É como se a marca estivesse fazendo uma abordagem direta aos seus potenciais clientes.

Mas, além desses meios, podemos encontrar o Outbound no meio digital também. Você provavelmente já foi interrompido por uma propaganda enquanto assistia a um vídeo na internet, certo? Banners, e-mails em massa e pop-ups são alguns tipos de publicidade presentes nessa metodologia.

O que é Outbound Marketing? Conceitos, técnicas e muito mais

Explicando de forma simplificada, enquanto no inbound você cria condições para o cliente vir até você, com o outbound marketing, a empresa é quem vai atrás do cliente.

O investimento no Outbound difere bastante do Inbound pois as mídias são bem mais caras. No Outbound, se, por exemplo, você precisar cortar o investimento de uma hora para outra, você “some” da mídia. Isso é algo que não acontece no Inbound, já que seus conteúdos continuam na internet e podem ser acessados a qualquer momento.

Para que se entenda a definição de forma mais clara, é interessante conhecer o inbound marketing (marketing de atração).

Essa outra estratégia é muito utilizada nos dias atuais e é vista como o oposto do outbound marketing.

5 vantagens de aplicar o Outbound Marketing

Inbound e Outbound Marketing: entenda quais as diferenças - Work Stars

1 – Retorno sobre o investimento (ROI)

ROI é um indicador que apresenta o resultado real do investimento realizado nas campanhas de marketing da empresa. Esses dados são obtidos através de um cálculo realizado em que a receita e o custo são levados em consideração.

Por se tratar de uma estratégia em que é feito um contato massivo e ativo com um grande número de possíveis consumidores, o retorno tende a ser mais rápido do que outras estratégias, como o inbound, que é preciso que primeiro o cliente se nutra para depois o resultado começar a aparecer.

2 – Precisão e rapidez de solução

Por ter um processo mais acelerado, os resultados do outbound marketing aparecem quase que de imediato e, como vimos no tópico anterior, isso é extremamente oportuno para a do ROI.

3 – Diversidade de canais e mídias

Outbound marketing trabalha com uma gama de mídias imensamente maior e que também possuem ampla disseminação, são alguns exemplos:

  • Televisão;

  • Rádio;

  • Internet;

  • Revistas;

  • Outdoors;

  • Eventos;

  • Panfletos.

4 – Validação de persona

Com o outbound marketing e o retorno rápido das ações e estratégias, se torna bem mais rápido para validar e lapidar a persona, adequando-a cada dia mais ao perfil da sua empresa e focando em quem realmente possa trazer resultados.

5 – Economia de tempo e produtividade

Um dos grandes destaques é a produtividade da equipe responsável por administrar essa estratégia, ela passam a ter tempo para desenvolver novas campanhas e ações, cada vez mais assertivas, que elevam cada vez mais o retorno.

Outbound Marketing x Inbound Marketing

Qual a diferença entre Inbound vs Outbound Marketing ? - Rotamáxima

Pelo que vimos, é muito normal adotar as duas metodologias em uma empresa. Não necessariamente você deve escolher, sendo que uma não anula a outra.

Portanto, sim, é muito possível mesclar as duas em suas estratégias de marketing.

Recentemente, na história do marketing, o inbound marketing passou a ser visto como a maneira mais efetiva de se adquirir receita nos negócios.

O principal motivo é o custo do CAC (Custo por Cliente), que acaba sendo menor do que na estratégia do outbound.

A principal característica da estratégia de inbound marketing é a sua forma de abordagem.

Nela, a prospecção ocorre de forma passiva, devido a uma estratégia que busca realizar a nutrição de leads de modo automatizado.

A produção de conteúdo é um dos pilares dessa estratégia.

Enquanto que no Outbound Sales, o processo de prospecção acontece de forma diferente, é sempre ativo.

Uma boa maneira de fixar esses dois conceitos é compreendendo as analogias que buscam definir essas estratégias.

Ao passo que, no inbound marketing, a empresa pesca os seus clientes com uma vara, no outbound marketing ela está tentando atrair os consumidores utilizando uma rede.

O que vai guiar a mescla dos dois modelos no seu negócio é, principalmente:

  • O perfil do seu cliente (que chamamos de persona);

  • A jornada de compra dessa persona;

  • O ticket médio da empresa;

  • O funcionamento interno dos times de Marketing e Vendas;

  • O modelo de gestão da sua organização.

 

Como juntar Outbound + Inbound Marketing na prática

Inbound Marketing x Outbound Marketing: você precisa escolher?

Abaixo apresentamos alguns exemplos práticos de como misturar as duas estratégias usando diferentes meios.

Parcerias e indicações

As parcerias e indicações são bons exemplos de fonte de geração de Leads usando as duas metodologias.

As indicações acontecem no meio off, mas podem ser trabalhadas pelo meio online através de ferramentas – como email personalizados para quem veio desse parceiro.

A própria RD também possui um forte programa de parceria voltado a agências de Marketing Digital, além de ter como grande fonte de aquisição os próprios clientes, que acabam nos indicando para outros.

Dessa forma, a prospecção acontece via Inbound com as ações educativas envolvendo conteúdo e relacionamento e também via Outbound com as indicações externas e parcerias.

Loja física + loja online

Algumas lojas físicas também possuem versões de ecommerce, e aí fica a dúvida: como mesclar, neste caso, o off e o digital?

Aqui uma ação que funciona muito bem é, por exemplo, ter nos computadores da loja páginas de captura específicas para cadastro de clientes. Dessa forma, você vai saber quem veio do off e poderá trabalhar com essa lista de emails oferecendo ofertas/descontos exclusivos para que esses clientes comprem também na loja online.

Eventos

Os eventos também são um ótimo exemplo da mistura offline + online. Em eventos, é muito comum o cadastro de participantes se você estiver promovendo ou patrocinando, e também a troca de contatos como maneira de networking.

Nessas horas, ao invés de anotá-los, por exemplo, em uma planilha ou bloco de notas, use também uma página de captura em seu tablet ou notebook.

Dessa forma, você vai saber exatamente quais Leads foram gerados no evento em questão e poderá se relacionar de forma diferente dos demais, criando fluxos de automação pós-evento, por exemplo.

Agora que você tem mais informações sobre o que é inbound e outbound em marketing, responda a seguinte pergunta: existe um modelo correto para ser adotado?

Ora, essa é uma pergunta que não possui resposta definitiva. A verdade é que ambos os modelos podem funcionar de forma eficaz, se forem aplicados de forma complementar. O melhor conselho é entender o negócio da sua empresa, e verificar quais canais seriam mais efetivos e aplicar em seu negócio.

Gostou do post?, visite o site da Help e leia muitos mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: ana.paula@helptechnology.com.br

Whatsapp: Ana Paula Mota 

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)
Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *