SCORE, o novo medo do Brasileiro

SCORE

Numero de inadimplentes sobe, e com isso a pontuação de SCORE DESCE.

 

O score foi criado em 2017 e, na época, considerava apenas os dados negativos do consumidor. Em 2020, passou a receber as informações do Cadastro Positivo, incluindo os bons hábitos de pagamento

O score é uma pontuação atribuída por birôs de crédito, como Serasa, SPC, Boa Vista e Quod, que usam modelos estatísticos e técnicas para determinar quais as chances de o consumidor se tornar inadimplente. Utilizando informações demográficas, comportamentais e históricas, eles indicam a chance de o consumidor conseguir pagar o crédito que deseja contratar.

A pontuação vai 1 a 1.000. Quanto maior a pontuação, menor a possibilidade de o consumidor se tornar inadimplente e, assim, menor o risco que ele oferece ao credor. Em tese, o consumidor com melhor nota pode conseguir crédito com custo, ou juro, menor.

Pontuação é considerada para que os credores reconheçam os bons pagadores

O score funciona como uma espécie de “termômetro” da saúde financeira do consumidor. Para o superintendente de produtos e negócios da SPC Brasil, Marcelo Aragona, o score vai além de avaliar a propensão à inadimplência, podendo abrir ou fechar portas no mercado para esse consumidor. Ou seja, dependendo da pontuação, pode ficar mais fácil ou mais difícil pegar um empréstimo, por exemplo.

De acordo com dados do Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor, milhões de brasileiros estão inadimplentes, devido ao não pagamento de contas e dívidas.

A inadimplência é causada, principalmente, por crises financeiras, que aumentam a taxa de desemprego e diminuem o orçamento das famílias. Quando isso acontece, as pessoas deixam de pagar ou atrasam o pagamento de contas.

Quando o consumidor fica inadimplente, além de ficar mais difícil obter crédito e fazer compras com cartão, seu score de crédito também é afetado. Estar ou não na lista de inadimplente negativado depende de fatores vários fatores, como o tempo que o CPF está restringido, valor do débito ou quantidade de parcelas em atraso, por exemplo.

Qual é o perfil do consumidor inadimplente?

A Serasa Experian fez um estudo para traçar o perfil dos consumidores negativados:

• 50,9% são homens;

• 39,1% ganham de 1 a 2 salários mínimos e 38,8%, até 1 salário mínimo;

• 37,3% do total possui apenas uma dívida e 30,7% têm mais de quatro débitos;

• 19,4% dos inadimplentes têm entre 41 e 50 anos e 14,9% são pessoas com idade entre 18 a 25 anos.

      Qual a vantagem de ter uma pontuação boa no score?

“O score pode viabilizar a concessão de crédito com taxas de juros diferenciadas segundo o perfil de cada tomado. Isso permite que o consumidor que se diferencie da média apresentada pelo mercado negocie condições comerciais melhores, por exemplo,  juros mais adequados (justos) ao seu perfil. Traduzindo /; quanto melhor a pontuação , melhores  as condições  do empréstimo

Seu score está baixo e quer ter  poder de comprar novamente ?

Clique aqui ou entre em contato no Telefone !

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *