7 Dicas para cuidar da Saúde Mental

saúde

Por muito tempo, falar sobre saúde mental era um tabu. As pessoas fugiam do assunto ou não sabiam da importância e impacto da saúde mental para a vida de todas as pessoas. Cuidar da saúde mental é fundamental para ter qualidade de vida, bem-estar e saúde no geral. 

Hoje, após avanços em pesquisas, estudos e investimentos em campanhas, a saúde mental recebe a atenção que merece e mais pessoas estão se informando sobre o assunto.

Só no Brasil, são cerca de 50 milhões de pessoas que sofrem com alguma doença psicológica, o que torna o debate ainda mais urgente. 

A depressão passou a ser chamada de “doença do século” por conta do aumento considerável de casos de pessoas com este diagnóstico.

Com a pandemia, o medo generalizado combinado com a crise econômica que o país vem enfrentando, abalaram o emocional e o psicológico de muitos brasileiros.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar a cuidar melhor da sua saúde mental e com isso, adquirir mais qualidade de vida. 

1. Reserve um momento para você

No dia ou na semana, reserve um momento inteiramente para você. Durante o dia a dia, com tantas obrigações e coisas para fazer, é comum esquecermos de olhar para dentro.

Com que frequência você se pergunta como você está? Como anda se sentindo, se está realmente feliz… Converse com você, escreva sobre como se sente e escute-se. Esse exercício permite que você se conheça mais e consiga identificar as coisas que não estão te fazendo bem.

Faça coisas que você gosta, simplesmente por prazer. Seja assistir um filme, tomar um banho mais demorado, dormir um pouco mais ou cozinhar o seu prato favorito. Faça coisas por você. 

2. Faça exercícios físicos 

Não, você não precisa virar fitness da noite para o dia. Se exercitar não é o forte de todas as pessoas, e não precisa ser uma atividade dolorosa.

No entanto, é necessário para colocar a mente no lugar e ainda liberar hormônios do prazer, como a endorfina e a serotonina. 

Praticar exercícios é fundamental para cuidar da saúde mental. Ajuda a combater a ansiedade, libera hormônios da felicidade, gera sensação de dever cumprido e recompensa, e combate o sedentarismo.

Você pode fazer uma caminhada de 30 minutos pelo seu bairro quando tiver um tempo livre, ou ir mais além e se inscrever na academia. O importante é movimentar o corpo e liberar esses hormônios!

3. Converse com alguém de confiança

Por que guardar tudo para si? Não faz mal desabafar com alguém da sua confiança de vez em quando. Compartilhar como você se sente pode te ajudar a liberar um peso, e quem sabe ouvir um conselho que você está precisando ouvir. 

Outras pessoas podem ter visões e perspectivas do problema que você ainda não teve. Coloque para fora e se permita receber ajuda.

4. Dê um tempo das redes sociais 

As redes sociais, principalmente o Instagram, são um ambiente tóxico para muitas pessoas, é o que diz o estudo realizado pela entidade de saúde pública do Reino Unido. 

Os usuários que responderam a pesquisa relataram que ao utilizar a rede social, sentem ansiedade, solidão, baixa autoestima, pouca qualidade de sono e dificuldade de se relacionar fora das redes sociais.

É natural se comparar com a vida de outras pessoas e com o que elas compartilham online, mas essa comparação pode ser prejudicial e gerar um sentimento de competição.

Saia um pouco das redes sociais e tente focar no momento presente. No que você está vivendo, conquistando e no que você quer daqui para frente. A sua jornada é única e tem muito valor.

Use o seu tempo longe das redes sociais para descobrir um novo hobbie, fazer trabalhos manuais (que podem ser muito terapêuticos) e focar no agora. 

5. Medite

Meditar é uma atividade pouco praticada, mas que vem ganhando popularidade nos últimos anos. Os benefícios da meditação para a saúde são vários, desde diminuir a insônia até reduzir a ansiedade. 

É uma ótima prática para quem sofre com transtorno de ansiedade, pois diminui a frequência cardíaca e a pressão arterial, sintomas comuns da ansiedade por conta da liberação do hormônio cortisol. 

Ajuda a controlar o estresse e é uma ferramenta de autoconhecimento que também estimula o foco e a concentração. 

Se você nunca meditou, comece com a meditação guiada, ou escute sons relaxantes. O Spotify disponibiliza playlists de sons da natureza, como o som do mar, da chuva, de florestas etc. 

6. Consulte um psicólogo

Fazer terapia é fundamental para cuidar da saúde mental. O psicólogo é um profissional especializado no tratamento de doenças psicológicas por meio de sessões de terapia e análises profundas da mente e do comportamento humano. 

Não dispense a ajuda profissional se você apresenta sintomas de alguma doença psicológica ou sente que precisa de ajuda e acompanhamento de um profissional. 

Para se ter ideia, 73% dos brasileiros que já fazem terapia, pretendem continuar fazendo em 2022, segundo o levantamento da Fepo Psicólogos.

7. Faça um plano de saúde com a Help

Uma consulta com psicólogo custa em média R$227. Na rede particular, você pode pagar esse valor num plano de saúde e ainda ter acesso a todos os outros atendimentos e procedimentos, além de consultas com psicólogo e psiquiatra. 

E de plano de saúde a gente entende! A Help Technology oferece os melhores convênios do mercado com até 30% de redução de custos

Você terá direitos aos melhores hospitais, clínicas e laboratórios do Brasil, pagando bem menos. Conheça nossos planos:

 

 

 

 

Ficou interessado? Entre em contato no nosso WhatsApp (11) 4746 8556 e faça a sua cotação!

Gostou do post? Visite o blog da Help para ler mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: bruna.teixeira@helptechnology.com.br

Whatsapp: Bruna Teixeira

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)

Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *