E-commerce e E-business: entenda a diferença entre esses 2 tipos

E-commerce E-business

E-commerce e E-business: entenda a diferença entre eles

Investir em um negócio que tenha sua base na internet não é algo tão fácil como aparenta.

O ramo de vendas na internet vem crescendo cada dia mais e com isso a concorrência está gerando mais busca pelo aperfeiçoamento e pelo conhecimento sobre vendas.

Por isso, para quem deseja entrar no mundo das vendas digitais é importante saber as diferenças e aplicações do E-commercer e do E-business.

Por isso, reunimos as principais informações que você precisa saber sobre a relação e as diferenças entre esses dois modelos de negócios.

Vantagens de investir em um e-commerce

Abrir um e-commerce: 6 coisas que você precisa saber

O crescimento das compras online esta acontecendo cada vez mais e isso se dá pela mudança d0 comportamento dos consumidores.

Cada vez mais as empresa têm apostado no desenvolvimento de e-commerces, e um dos motivos por isso é o seu baixo investimento para um retorno consideravelmente positivo.

As principais diferenças no custo de criação e manutenção de uma loja física para uma virtual são no valor de aluguel de uma loja e nos encargos trabalhistas pagos a todos os vendedores e demais colaboradores que precisam ser contatados para que o estabelecimento funcione.

Quando se trabalha e-commerce, a empresa está fica cada vez mais próxima de seus consumidores, podendo atender um público de cidades, estados e até países diferentes. É necessário contar com uma logística eficiente de entrega para atender tais consumidores. Além disso, o estabelecimento fica aberto 24 horas durante 7 dias da semana, o que aumenta suas vendas de modo significativo.

No que se refere à experiência do cliente, é possível identificar e analisar um maior número de informações sobre seu público. Desse modo, você pode direcionar melhor seus anúncios e ações de marketing, pois também é possível ter acesso a uma série de informações sobre quem compra seus produtos ou serviços.

Vantagens de investir no e-business

E-commerce là gì? Sự khác biệt giữa E-business và E-commerce - WEBICO BLOG

Visto que o e-commerce é uma parte e um tipo de e-business, as vantagens do comércio eletrônico também podem ser aplicadas aos demais negócios digitais.

Do ponto de vista logístico, há uma facilidade que faz com que os processos aconteçam de forma mais rápida e prática.

Por exemplo, a comunicação com seus clientes, que também deve ser pelo canal digital. Outro benefício  é o rápido e personalizado atendimento ao cliente, que também pode ir além do horário de funcionamento das lojas físicas.

Quando se tem um e-business, uma série de dados são gerados sobre a performance do seu negócio a todo instante. Isso se torna uma vantagem, visto que torna-se possível utilizar diversas ferramentas para analisar o comportamento do consumidor e a performance da operação.

evolução tende a ser rápida e efetiva, uma vez que é possível realizar mudanças sempre que necessário para melhorar os resultados de modo mais simples do que em um negócio offline.

Diferenças entre e-commerce e e-business

E-business là gì? Đâu là sự khác nhau giữa E-commerce và E-business? -  JobsGO Blog

O primeiro passo para compreender que esses dois tipos de vendas são conceitos diferentes é saber que o e-business não é apenas a compra e venda de mercadorias.

Por isso separamos as 3 principais diferenças entres eles:

1. Redes utilizadas

Enquanto um e-commerce requer apenas um local e uma rede de internet, o e-business precisa ter um site, CRM e ERP, por exemplo, e usa conexão de internet, intranet e extranet.

CRM lida com o aprimoramento contínuo da experiência dos consumidores, ou customer experience, por meio de dados relacionados aos hábitos de compra, bem como as dores e necessidades do público, por exemplo.

E o ERP é uma plataforma responsável pela gestão do negócio online. Nela, diversos aspectos podem ser gerenciados, como a parte tributária, financeira e contábil. Por meio dos chamados módulos, é possível personalizar e ajustar o software às necessidades do empreendimento online.

Vale ainda ressaltar sobre a automação de rotinas, fazendo com que os colaboradores tenham mais tempo para se dedicar às atividades de cunho estratégico do e-business.

Por esse motivo, há quem goste de afirmar que o e-business é um conjunto de sistemas necessários para que uma negócio aconteça.

Para que o e-commerce inicie sua operação, é preciso apenas um site. O fato de o e-business ser 100% online e o e-commerce nem sempre ser assim também é outra diferença importante de se destacar.

Há situações em que a forma como a operação ou o negócio é conduzido pela empresa faz com que ele seja categorizado como um e-business.

Uma coisa é fato: a internet deve aumentar seu alcance e mediar cada vez mais operações comerciais.

2. Abordagem

Um e-commerce é conhecido pela sua abordagem extrovertida, uma vez que lida diretamente com o cliente no momento de oferecer produtos e serviços, podendo até mesmo ser uma venda ao vivo, pela chamada Live E-commerce .

Já o e-business é conhecido por ser ambivert, ou seja, lida com o público, mas também com diversas outras operações consideradas extrovertidas, ou que não são visíveis ao consumidor.

Como esses conceitos se relacionam?

Sistemas da Info. – E-Business/ E-Commerce | weeklyti

Para um negócio ser sustentável, é preciso estar ciente de que isso vai muito além de um bom produto ou serviço. Nos dias de hoje, o consumidor procura muito mais do que comprar algo, ele quer na realidade sanar as suas dores.

Nesse sentido, quanto mais personalizado e ágil for o atendimento, maiores as chances de conquistar e fidelizar aquele cliente. O e-business é justamente isso, prover uma base de sustentação para um e-commerce.

Diante da tendência de os negócios físicos migrarem para o virtual, é preciso incorporar bem os conceitos de e-business e e-commerce. Como foi possível acompanhar, o segundo faz parte do primeiro, sendo um reflexo de todas as operações que foram realizadas, muitas delas abstraídas do grande público.

Conforme um negócio cresce, passa a ser maior a necessidade de otimizar diversas operações, como a logística e o relacionamento com o cliente.

Independe de suas diferenças, Investir em um e-commerce e em um e-business é uma forma de manter seu negócio relevante e pensar no futuro sustentável da empresa em curto, médio e longo prazo.

Gostou do post?, visite o site da Help e leia muitos mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: ana.paula@helptechnology.com.br

Whatsapp: Ana Paula Mota 

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)
Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *