shopping-market-place-imoveis-marketplace-imovel-minhacasa

10 MOTIVOS PARA TER UM MARKETPLACE DE IMÓVEIS Leave a comment

10 MOTIVOS PARA TER UM MARKETPLACE DE IMÓVEIS

Como você muito provavelmente já sabe, um marketplace é uma loja virtual que reúne diversos fornecedores e os conecta diretamente com seus clientes. Funcionando como uma espécie de shopping virtual, shopping online ou shopping market place como preferir.

Nestas plataformas, tanto compradores quanto produtores têm a possibilidade de obter valores mais acessíveis e uma melhor margem de lucro.

Além de ser, comprovadamente, benéfico para médias e grandes empresas, esse tipo de comércio tem gerado oportunidades para pequenos negócios, fazendo com que seja um verdadeiro sucesso em todo o mundo em diversos nichos do mercado.

E é claro que o setor imobiliário também não deixou essa oportunidade passar e vem crescendo ano após ano.

shopping-market-place-imoveis-marketplace-imovel

Mas como funciona um Marketplace imobiliário?

Se formou traduzir o termo em um sentido literal, ao pé da letra, podemos dividi-lo em duas partes: market (que significa “mercado”) e place (que significa “lugar”).

Em outras palavras, como dissemos acima, um marketplace é um local único em que se vende produtos ou serviços de diversas empresas.

E quando trazemos esse conceito para o mercado imobiliário, ele não muda muita coisa.

De uma forma bem simples, um marketplace imobiliário conecta, em um só lugar, as imobiliárias aos serviços e produtos que são pertinentes às suas demandas do dia a dia e permite fazer parcerias entre si.

Esse tipo de plataforma surgiu, principalmente, com a ajuda da internet e da tecnologia que estão cada vez mais presentes na rotina das pessoas e empresas.

E acredite, é um negócio que vem dando muito certo! Mas os números (muito bons, diga-se de passagem), você confere depois.

Por enquanto, vamos te dar não um, mas 10 motivos que com toda certeza vão fazer com que você queira abrir seu marketplace imobiliário assim que acabar de ler.

Vamos lá?

1. Aumento da sua visibilidade

Não daria para começar de outra forma.

A primeira grande, e poderíamos até dizer que também é a principal, vantagem do marketplace imobiliário é a questão do aumento da visibilidade da sua empresa.

Sabemos que não é nada fácil ter uma presença notável na web.

Por mais que se diga que esse canal é algo relativamente novo para as imobiliárias, o ambiente tem recebido quase que diariamente novos players no setor de imóveis, tornando-o cada vez mais concorrido.

Por isso, uma das formas de conseguir essa visibilidade é por meio da construção de uma página na web que seja totalmente orientada para esse objetivo.

O conteúdo da mesma também deve ser objetivo, bem claro e a navegação na plataforma tem que ser a mais intuitiva possível.

Contar com o auxílio do SEO também faz toda diferença, afinal, ter um bom site já é uma ótima maneira de captar leads.

Junto a tudo isso, para que as vendas existam, é preciso de outras ferramentas que auxiliam na geração e manutenção desses leads ou contatos em potencial.

Com o marketplace será possível encontrar essas e outras soluções que estão associadas ao marketing digital e, consequentemente, a maneiras bem mais eficientes de prospecção de novos clientes.

Essas soluções vão poder lhe fornecer uma capacidade bem maior de conversão, além de um crescimento bem mais rápido do que você imagina.

Assim, você vai poder ficar tranquilo em relação a essa etapa e se preocupar somente com as vendas, que são, aliás, a prioridade aqui, não é mesmo?

 

2. Ampliação dos canais de vendas

Um outro grande benefício de se ter um marketplace no setor de imóveis é a possibilidade de expandir cada vez mais o alcance da imobiliária, por meio da ampliação de diversos canais de vendas que podem ser conectados.

Alguns dos principais parceiros de um marketplace imobiliário são, justamente, os portais imobiliários. E isso é fato, uma vez que eles já têm uma atuação considerada muito mais do que relevante na web.

Aliás, atualmente, o seu poder de alcance e conversão em vendas é simplesmente inquestionável.

Pois bem, adotando a solução do marketplace imobiliário, será muito mais viável você se conectar com esses canais, inserindo os seus anúncios por lá de forma muito mais efetiva.

E acho que ficou bem claro o quanto tudo isso também pode auxiliar no aumento das suas vendas, não é?

3. Informações mais precisas e acessíveis

Investir em um marketplace imobiliário é imergir com tudo no mundo digital onde tudo pode ser mais simples e rápido.

Por isso, até as partes que dão mais trabalho no dia-a-dia podem ser facilitadas.

Quer ver?

Para acabar com a burocracia e o excesso de papel, que pode sumir e dificultar a administração imobiliária, diretores vêm aderindo aos softwares de gestão.

Esses recursos tecnológicos guardam informações que podem ser acessadas a qualquer momento. E esses dados armazenados são precisos e aptos a solucionarem os problemas organizacionais, uma vez que são todos muito bem integrados.

4. Qualificação de leads

shopping-market-place-imoveis-marketplace-imovel-help
A definição mais comum para Lead é como “um termo de marketing usado para descrever o início do interesse ou questão de um possível cliente num determinado produto ou serviço de uma empresa”.

As Leads ao contrário dos prospects, são contatos que demonstraram interesse por algum tipo de produto ou serviço.
Entretanto, não basta apenas gerar leads, é preciso saber qualificá-los para garantir a produtividade da sua equipe de corretores.

Nesse sentido, podemos dizer que uma das soluções oferecidas pelo marketplace imobiliário é um sistema de CRM, uma ferramenta fundamental para a organização e qualificação dos leads, bem como na otimização do processo de vendas.

Lembrando que a qualificação consiste em classificar e separar os Leads em basicamente 3 grupos:

Bons Leads que estão com intenção de compra clara (grande potencial);

Bons Leads que ainda não estão no momento certo da compra;

Leads ruins para vendas (geralmente pessoas que apenas estão interessadas no seu conteúdo, mas que não conseguiriam aproveitar seu produto).

Os Leads do primeiro grupo são os ideais de serem passados para o time de vendas. Já os do segundo devem passar por um processo de nutrição antes que os vendedores entrem em contato.

 

5. Mais facilidade na aquisição de serviços

Não daria para deixar de destacar o quanto um marketplace torna fácil a aquisição de toda essa variedade de serviços que comentamos acima.

Afinal, por mais diversas que sejam as ofertas, tudo pode ser encontrado de maneira bem mais fácil e em um só lugar.

Isso pode até parecer um detalhe, mas acredite, facilita, e muito, o processo de crescimento de uma imobiliária, pois influencia diretamente as suas vendas.

E a melhor parte é que todos os serviços escolhidos poderão ser contratados no mesmo momento, facilitando todo o processo.

 

6. Baixo custo

helptechnology-shopping-market-place-imoveis-marketplace-imovel

O marketplace imobiliário também ajuda a reduzir custos, principalmente quanto à questão da aquisição de serviços, como comentamos acima, que vão te ajudar a vender mais.

Esses serviços são soluções já prontas, cujas ferramentas se adaptam bem à realidade da grande maioria das imobiliárias.

Ou seja, elas podem ser comercializadas de uma forma bem mais acessível, se comparadas com a construção de uma solução específica e personalizada para só um negócio.

 

7. Maior facilidade no planejamento a médio e/ou longo prazo

O marketplace imobiliário, quando bem utilizado, é capaz de realizar o levantamento de informações, que podem servir para a criação de planejamentos empresariais corretos e mais consistentes.

Quem pensa no futuro e no crescimento da atividade imobiliária precisa se planejar. Somente assim é possível acompanhar as alterações do mercado e determinar quais passos vão ser dados rumo ao sucesso.

Como já falamos aqui, o mercado está cada vez mais concorrido. O que exige um estudo e um planejamento ainda mais cauteloso.

Logo, ter um marketplace imobiliário melhora a visão do negócio e do setor de imóveis, identificando os pontos fortes e eliminando os fracos, para fortalecer a prestação de serviço no mercado.

8. Melhoria de processos internos

Por fim, vale a pena ainda ressaltar que um marketplace também traz melhorias referentes aos processos internos da imobiliária, o que confere ganhos diretos em relação à sua produtividade. E, indiretamente, isso auxilia no aumento das vendas.

Afinal de contas, quando a gente descomplica esses processos os tornam bem menos burocráticos e, assim, ajuda a tornar uma venda mais rápida.

Dentro deste contexto, é possível encontrar em um marketplace de imóveis soluções com foco na parte administrativa do negócio, auxiliando indireta ou diretamente no seu processo de vendas.

 

9. Melhoria no processo de gestão

Começamos o texto falando sobre a importância da tecnologia e em como ela transformou o mundo em que vivemos, principalmente a nossa forma de consumir.

Comentamos também no item acima sobre como os marketplace podem melhorar o seu processo interno, de uma forma geral.

Agora, vamos destacar especificamente as melhorias de gestão que um investimento no marketplace de imóveis pode trazer.

Vamos lá!

Imobiliárias que investem em softwares podem automatizar grande parte dos processos de sua atuação, economizando dinheiro e tempo, que podem ser reinvestidos na própria atividade.

Há um aumento da produtividade, com maior dedicação às tarefas essenciais ao negócio.

Ademais, é possível administrar as informações sobre os clientes, relacionando os proprietários aos desejos pessoais, com o intuito de sempre satisfazê-los.

Desta forma, é possível aumentar as vendas e, consequentemente, o seu faturamento.

 

10. Aumento da produtividade

Fora a gestão dos imóveis, o marketplace imobiliário também pode contribuir para o aumento da produtividade.
Isso porque favorece o aperfeiçoamento dos funcionários, em equipe ou de forma individual, e dos processos de atendimento, os quais vão poder se dedicar às funções primordiais de administração.

Além disso, viabiliza-se o acompanhamento da produtividade pelos relatórios de desempenho ou medição de tempo gasto em cada tarefa.

Fazendo, ainda, com que a identificação de erros nos procedimentos é facilitada, para corrigi-los e acabar com a ociosidade.

Ademais, o investimento nessas tecnologias amplia a comunicação interna entre funcionários e setores internos, permitindo o trabalho mais ágil.

 

Viu como o investimento em um marketplace pode ser bem positivo?

Todos os pontos que listamos aqui, quando atuam em conjunto, têm um alto poder de potencialização das vendas de qualquer imobiliária.

E todos eles podem ser encontrados plenamente em um marketplace de imóveis!

Que tal aproveitar os números positivos do mercado e começar a planejar direitinho o seu?

Não está a par dos números?

Então nós mostramos para você!

 

A evolução e os números do mercado dos Shoppings Market place no Brasil

O começo da expansão do mercado de marketplace no Brasil aconteceu, de forma significativa, a partir de 2006, quando o comércio eletrônico no país, segundo dados da ABCOMM, registrou um crescimento de 72%. 

Nesse mesmo período, surgiram no cenário nacional, companhias importantes, como as Casas Bahia e o Walmart.com.br, que contribuíram para fomentar ainda mais o segmento.

Em 2015, a expansão desse modelo de negócios começou o seu processo de desenvolvimento, sendo fortalecido pelo aumento do uso de dispositivos móveis para realizar compras.

Em 2018, o boom do mercado aconteceu, pois, esse setor obteve um crescimento de quase 91% comparado ao ano anterior. 

Segundo dados da Ebit/Nielson, neste ano, cerca de 10 milhões de novos consumidores se tornaram adeptos às compras online. Logo, o faturamento do comércio eletrônico nesse período atingiu uma marca superior a R$ 50 bilhões. 

Esse número foi impulsionado pelo marketplace.

Então, não foram só os grandes varejistas que ganharam, mas também os pequenos e médios players, que tiveram suas receitas aumentadas. 

Diante desse contexto, dá para concluir que o marketplace está conquistando cada vez mais simpatizantes e, acompanhando o e-commerce brasileiro, proporcionalmente muito maior. 

E quais são os números do consumidor em tudo isso?

Uma pesquisa publicada pela UPS Pulse of the Online Shopper 2019, realizado pela PwC em parceria com a UPS, multinacional americana de logística, mostra alguns dados bem interessantes do setor.

Segundo a pesquisa, os marketplaces, sites de comércio eletrônico que facilitam a compra de muitas fontes diferentes, vêm dominando o mercado global online.

No Brasil, 95% (96% global) dos consumidores que compram on-line utilizam marketplace e cerca de 44,1% pretendem comprar mais produtos por esse tipo de plataforma nos próximos 12 meses.

O estudo, que avalia os hábitos de compra do consumidor desde a pré-compra até a pós-entrega, entrevistou mais de 18 mil compradores on-line em 15 países, incluindo Brasil, Estados unidos, Canadá, México, além de países de Europa e Ásia.

De acordo com Nadir Moreno, presidente da UPS Brasil, a transparência tornou-se um dos principais fatores para determinar as decisões do consumidor no Brasil e no mundo.

“O brasileiro busca informações claras sobre o valor do produto”, diz Nadir. “Além disso, ele quer mais controle dos prazos de entrega do pacote, dados de rastreamento e ordem de chegada com garantia.”

Uma das conclusões do estudo, que você pode ter acesso também por meio do site da Época Negócios, mostra que os marketplaces continuam bem populares.

Isso porque 96% dos consumidores globais que fazem compras on-line usam plataformas de marketplace e cerca de 36% pretendem fazer mais compras por esse canal nos próximos 12 meses.

E se os números do mercado e as informações sobre os consumidores anima, saiba que o mercado imobiliário, de uma forma geral, também está sob perspectivas.

 

Mercado Imobiliário mostra bons indícios de recuperação para 2020

Desde o final de 2019 o mercado imobiliário voltou aos holofotes dos investidores após mostrar os primeiros indícios de retomada do setor.

O ciclo de baixa do mercado, resultante da forte crise recente, realmente parece ter finalmente chegado ao fim.

“Vemos uma recuperação do setor desde os últimos meses do ano passado e a melhora deve continuar ao longo deste ano”, afirma José Eduardo Cazarin, fundador e CEO da Axpe Imóveis. 

O cenário de taxa de juros mais baixa e o aumento da confiança devem ajudar as vendas e os aluguéis, mas é preciso utilizar alguns critérios para garantir um bom retorno.

Estamos no caminho certo para voltar a ter um mercado aquecido e seguro. E os números comprovam isso.

Quando fazemos a comparação do terceiro trimestre de 2019 com o mesmo período de 2018, o aumento de lançamentos é muito positivo.

No segmento de médio e alto padrão (MAP), o crescimento foi de 20%, sendo mais forte na cidade de São Paulo com concentração em bairros de alta renda com previsão que esse efeito seja disseminado em todo o Brasil, em 2020.

Já os lançamentos de imóveis de baixa renda tiveram um aumento de 11% no terceiro trimestre de 2019, em linha com o observado nos últimos anos.

A Abrainc realiza, em parceria com a FIPE, uma pesquisa mensal do número de lançamentos, vendas, ofertas e distrato de imóveis de todo o país.

Se você quiser tem acesso a todos os números, vale a pena dar uma conferida no estudo.

Para terminar, ainda vale ressaltar que o crescimento do mercado em 2020 tem capacidade para ser ainda maior.

Um levantamento da Abrainc mostra que o mercado imobiliário teria potencial para construir até 1 milhão de novas moradias e a partir desse cenário, o setor geraria 5.5 milhões de postos de trabalho o que iria corresponder a 5% de todos os empregos gerados no país.

Por esses e por todos os outros motivos que listamos até aqui, podemos dizer que vale realmente a pena investir em um marketplace de imóveis.

Aproveite a maré favorável e tire seu projeto do papel.

 

Ficou com alguma dúvida, quer fazer uma consideração ou saber mais sobre o mercado de marketplace imobiliário? 

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

Leia Também: Onde Comprar Máscara de Proteção

Leia Também: MarketPlace

KIt Autoridade TurboConhecer Agora