Conheça as profissões de UX/UI que estão em alta em 2022

ux
Entenda o que são as novas áreas de UX/UI que estão dominando o mercado, como se capacitar e fazer parte desta inovação do mercado digital.

Você já deve ter se deparado com anúncios de vagas que contém as famosas letrinhas UX/UI. E logo em seguida se perguntou de onde veio esse termo. UX/UI Design, UX Writing, UX Researcher e por aí vai…

Essas siglas são uma abreviação dos termos em inglês User Experience (experiência do usuário) e User Interface (interface do usuário). Essas áreas surgiram com a necessidade de desenvolver estratégias que melhorem a experiência do usuário nos sites, gerando mais leads para as empresas.

A internet hoje é um forte canal de vendas, uma vez que 81% da população brasileira está conectada e vem comprando cada vez mais em lojas virtuais e marketplaces digitais. Só no ano de 2021, o e-commerce movimentou R$ 161 bilhões, um reflexo da mudança de hábitos dos consumidores, também provocada pela pandemia. 

Com isso, as empresas precisaram desenvolver técnicas cada vez mais elaboradas para eliminar qualquer problema da jornada de compra do usuário. É aí que entram as novas áreas voltadas para a experiência do usuário. 

ux-ui

O que é UX?

O UX, como mencionamos, é tudo que envolve a experiência do usuário na internet, principalmente em sites, páginas, redes sociais e demais endereços eletrônicos. A experiência é a facilidade de encontrar informações e como as páginas do seu site vão guiá-lo de forma que ele não saia da página e no fim, realize uma compra.  

Essa área do marketing que cresceu a ponto de ramificar novas profissões voltadas completamente para a criação de estratégias que visam otimizar a jornada do cliente. Para isso, é feito um estudo do comportamento dos usuários para entender o que esperam encontrar em um site. 

O nosso foco é o UX voltado para negócios, empresas e vendas. Mas ele pode ser utilizado em blogs e redes sociais se você for produtor de conteúdo. Afinal, queremos que o usuário goste de visitar o nosso site e consiga se guiar facilmente pelas páginas do site.

Para as empresas é ainda mais importante. O site é o principal canal da empresa, é onde o consumidor conhece a marca, os produtos, pode tirar dúvidas, entrar em contato e realizar uma compra.

Imagine que você está procurando por uma calça de academia em um site de roupas, e as categorias são todas misturadas, ou não há uma categoria para roupas esportivas e você precisa passar muitos minutos rolando a página até encontrar o produto que deseja. Seria uma experiência ruim, concorda?

Provavelmente, você desistiria e entraria no site de outra marca para encontrar a calça que tanto procura. Pense em quantas vendas uma empresa perde toda vez que um usuário deixa o site por não encontrar as informações e os produtos que deseja.

Por isso é tão importante cuidar de cada detalhe do site. Desde a ordem de exibição de produtos, imagens e textos, até o design e o que está escrito em botões, por exemplo. Por isso o UX foi ramificado em várias áreas específicas que cuidam de diferentes partes do site.

O que é UI?

O UI (user interface) é parte visível do site que permite uma interação positiva com o usuário. O profissional de UI Design, por exemplo, é responsável por criar o layout da interface e escolher a tipografia, cores, imagens, wireframe, diagramação e identidade visual do site.

Mas o UI não é feito somente da equipe de designers. Programadores e profissionais de TI são essenciais para a construção e manutenção das ferramentas do site. Eles vão cuidar da parte técnica, conferindo a funcionalidade de botões e ferramentas do site como um todo.

Engana-se quem pensa que o UI serve apenas para deixar o site bonito. Um site, aplicativo ou software funcional e intuitivo, diminuem inclusive as chances do cliente acionar o suporte, pois encontrarão com facilidade as informações de que precisam no próprio site.

Tudo isso contribui para a autoridade da empresa no mercado e gera um processo de melhoria contínua. O ideal, é possibilitar aos clientes dar seu feedback sobre a experiência no site, assim a sua empresa estará cada dia mais perto da excelência.

Para fazer um bom UI, é essencial fazer pesquisas interativas e testes de usabilidade, conferindo a interação dos clientes com a página e alinhando o que a empresa quer oferecer com o que os clientes esperam encontrar.

Profissões em alta no mercado

UX Design

O UX Design é a área que mais cresce no mercado hoje, pois engloba pelo menos basicamente, um pouco de todas as outras áreas. Vamos explicar melhor.

O UX Design é o design voltado para a otimização da experiência do usuário em landing pages, sites, páginas, aplicativos, softwares a partir do web design. Ele é responsável pela criação da identidade visual usada nos sites, escolha de cores, imagens, tamanhos e proporções de textos, botões e todos os elementos visuais que compõem o site.

Como é uma profissão nova no mercado, ainda não existe um curso universitário voltado somente para UX Design, mas você pode apostar em cursos profissionalizantes.

A profissão vem ganhando destaque em empresas de e-commerce, fintechs, bancos digitais, agências de publicidade e empresas de tecnologia. 

O salário médio de um profissional júnior de UX no Brasil é de R$ 4.532,00. Com cursos renomados e reconhecidos no mercado, é possível entrar no mercado como júnior sendo bem remunerado logo no começo da carreira. 

A vantagem dessa profissão é a possibilidade de trabalhar remotamente e ser freelancer, assim você consegue trabalhar para diversas empresas e expandir seu portfólio.

UX Writing 

Essa é a área do UX voltada especificamente para produção textual de interfaces e multiplataformas. A diferença desta escrita para aquela adotada em artigos e conteúdos para redes sociais, é que a linguagem adotada é simples e objetiva. 

A comunicação adotada em um site deve ser simples, afinal qualquer pessoa deve conseguir utilizar facilmente o site e se guiar pelas páginas, desde uma pessoa mais jovem até alguém com mais idade e de diferentes realidades.

Para isso, o UX writer deve estudar a persona da empresa e o público-alvo, para entender de que forma é possível personalizar a escrita, dando o teor da marca. Um exemplo é a empresa Enjoei.

O Enjoei é uma marca jovem, voltada para pessoas que querem desapegar de roupas, acessórios e calçados. A linguagem adotada pela marca é despojada, engraçada, leve e um tanto pessoal. 

Para um público mais velho, a linguagem pode soar inadequada. É por isso que o UX writer deve conhecer perfeitamente o público com quem se comunica, pois caracteriza a imagem e reputação da empresa.

Outra diferença da escrita usada no UX, é que geralmente os textos serão colocados em botões pequenos como os de “compre aqui” ou “inscrever-se”. O texto deve ser fácil de entender e estimular o usuário a realizar uma ação, por isso a estratégia utilizada se assemelha com o copywritng.

É interessante que este profissional tenha noções de copywriting e escrita publicitária. Profissionais dessas áreas costumam migrar para o UX writing e conseguem aplicar o conhecimento de publicidade na elaboração de textos para interfaces.

Também não existe um curso universitário para formar UX writers, mas os cursos são uma ótima opção para quem quer adentrar neste mercado. O salário júnior é em média R$ 3.943 e sênior pode ganhar em média R$ 8.761.

UI Designer

O UI designer é responsável por desenvolver a interface gráfica do usuário e deve saber base do design gráfico, design de telas, criação de marca e identidade visual. Geralmente, deve-se utilizar o Figma, um editor gráfico muito utilizado nas empresas hoje em dia.

 A principal função deste profissional é desenhar uma interface que seja intuitiva, objetiva e clara para o usuário. Além de habilidades técnicas, o UI designer também deve compreender quais são os padrões de uso dos usuários e quais ações são instintivas na usabilidade de um eletrônico. 

No cargo de UI Designer se inicia ganhando a partir de R$ 4.000 de salário e pode vir a ganhar até R$ 12.500.

Conclusão

Cada vez mais empresas percebem a necessidade de profissionais de UX/UI para criar plataformas digitais realmente eficazes. O consumidor é o protagonista de todo negócio, portanto entender suas necessidades e a forma correta de se comunicar e guiá-lo através de uma interface, é o caminho para aumentar as vendas e vencer a concorrência.

Gostou do post? Visite o blog da Help para ler mais assuntos como este.

Para mais infos:

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)

Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *