Parcerias: Conheça os 8 tipos

Parcerias

Parcerias: Quais os benefícios, como conseguir e quais os tipos existentes

Quando se tem um negócio, investir em parcerias é essencial. Melhorar os resultados da empresa é um objetivo para o qual todos os stakeholders devem estar atentos.

As parcerias não precisam ser feitas apenas entre empresas, afinal, as pessoas sempre estão por trás delas.

O mercado está repleto de possibilidades para otimizar processos e aumentar ganhos de uma organização: boas contratações de colaboradores, aquisições de empresas, automações, canais de vendas diretos e também os indiretos.

Para isso, é fundamental tomar ações sempre baseadas não só em resultados, mas nos meios para atingi-los também. Sobre o último, uma alternativa que tem ganhado cada vez mais força são as parcerias.

CDL realiza o seu segundo Café de Negócios e Parcerias com Ceramistas de Campos e região - CDL Campos

A principal razão pela qual você precisa ter uma parceria é co-criar valores que são difíceis ou ineficazes para sua empresa, mas que agregarão um bom valor ao seu público-alvo.

Se você está liderando ou trabalhando em uma empresa, criar parcerias com os principais players de mercado (empresa que está desempenhando algum papel em algum mercado ou negociação) é fundamental para ser reconhecido pelo seu público-alvo, ganhar usuários e gerar receita.

Neste conteúdo, falaremos sobre todo o conceito de parcerias no mundo corporativo.

Além disso, quais são os tipos de parceria existentes e os principais benefícios de cada uma delas.

Motivos para ter parcerias

7 dicas para conseguir parceria para eventos científicos | Doity

Entre os benefícios de se ter parcerias estão:

  • Aumento do ROI (Return of Investment);

  • Diminuição do Custo por Aquisição de Cliente (CAC)

  • Melhoria de processos e serviços;

  • Maior Life Time Value (LTV);

  • Aumento do alcance no mercado;

  • Ganho de vantagem competitiva.

  • Diminuição da burocracia

  • Atuação cada vez mais estratégica

  • Soma das competências

Como identificar a possibilidade de parceria

 

Apesar de terem tantos benefícios, é preciso, além de conhecer os tipos de parcerias, saber como e com qual empresa fechar esse acordo para que ele seja um sucesso.

Nesse sentido, é indicado atentar a alguns pontos e seguir uma espécie de passo a passo.

– Identificar possíveis empresas

Em primeiro lugar, é fundamental identificar quais são as possíveis empresas parceiras e quais são os objetivos e resultados esperados com a parceria (em ambos os lados). Para isso, um bom caminho é a tão famosa persona. Ela ajudará a ter em mente as ações necessárias para ir em busca e, posteriormente, se relacionar com uma parceira.

– Saber as tendências do mercado

Em segundo lugar, uma boa dica é ficar de olho nas tendências de mercado, no que o consumidor, se sua empresa for B2C, ou outras empresas, caso seu business seja B2B, estão procurando.

Assim, você pode identificar os gargalos que uma boa parceria poderia suprir. Tenha em mente que ela pode ser um ótimo canal de vendas para alcançar novos públicos e aumentar a receita do seu negócio.

– Saber os tipos de parcerias existentes

Saber os tipos de parcerias existentes, os critérios, os objetivos e as características de cada uma delas ajuda e muito na hora de fechar bons contratos. Seja qual for o modelo escolhido, cuide de escolher empresas com credibilidade no mercado, além de deixar evidente qual é o papel de cada uma para que ambas cresçam juntas.

Tipos de parcerias

Parcerias no Instagram: 6 Passos para Conseguir em 2022

Existem diversos tipos de parcerias existentes, cada qual com direitos, deveres, objetivos e resultados diferentes. A seguir, você pode conferir alguns deles.

1. Parceria de Canais: Acontecem entre empresas que podem ou não ser do mesmo ramo.

2.VAR: Value Added Reseller (VAR), em livre tradução, significa “revenda com valor agregado”.Tem-se como objetivo entregar ainda mais valor para o cliente final, possibilitando assim ganhos para todos os lados.

3. Alianças Estratégicas: Consiste na união de expertises de cada um dos parceiros para agregar maior valor aos seus produtos e serviços, garantindo inovação e diversificação nas entregas para os clientes finais.

4. Parcerias corporativas: Normalmente acontecem entre empresas de diferentes portes (grande e pequeno, por exemplo), em que, juntas, buscam otimizar processos, aumentar ganhos de produtividade, obter mais recursos financeiros e desenvolver tecnologias.

5. Parceria de produto/serviço: Se dá na relação com outras empresas para usar seus recursos e conhecimento para construir um novo produto ou serviço para sua empresa.

 

6. Parceria de marca: Pode ser um tipo de co-branding com outras empresas para criar novas ofertas de valor para servir uma base de clientes conjunta.

7. Parceria de distribuição: Consiste em estabelecer parcerias com outras empresas por seus conhecimentos e canais de distribuição usando-as como distribuidores para acessar sua base de clientes.

8. Corporate Ventures: É expressão utilizada para denominar o sistema no qual grandes empresas investem capital e conhecimento em startups e novos negócios em geral.

Dicas para conquistar bons tipos de parcerias

Parcerias em festas. Por que fazer? - Tudo de Festa

Você já deve saber que fazer parcerias pode ser uma ótima estratégia tanto para o seu negócio quanto para o seu parceiro ou parceira. Porém, nem sempre é fácil saber qual é o melhor tipo de parceria, não é mesmo?

Escolhemos algumas dicas para você lembrar na próxima vez em que surgir uma boa oportunidade:

– Entre em contato com empresas que têm valores parecidos com os seus

Procurar pessoas de empresas que têm valores próximos com os seus é um ótimo começo para fechar boas parcerias. Isso, com certeza, irá influenciar no futuro de suas negociações. Se a parceria irá suprir as necessidade de todas as pessoas que estarão envolvidas, então provavelmente vale a pena.

– Faça networking sempre que possível

Dica essencial! É com o networking que você poderá identificar os melhores tipos de parceiros para determinados momento e tipo de troca. Use o LinkedIn, faça pesquisas para conhecer melhor o seu mercado e saber quais locais ou eventos frequentar. Assim será mais fácil de se conectar com pessoas que poderão gerar uma vantagem competitiva para a sua empresa.

– Gere valor

Como você pode gerar valor para aquela pessoa/empresa? Comece a se questionar sobre isso. Parcerias são trocas, isso significa que ambos os lados devem ter uma vantagem com isso. Contribua com outras pessoas, ajude outras, esteja aberto(a) à mudanças e desenvolver habilidades.

 Cuidados essenciais ao escolher entre os tipos de parcerias

É de suma importância conhecer muito bem qualquer organização com a qual se cogite criar uma parceria.

Afinal, o risco de haver um conflito de imagens é sempre existente, podendo gerar prejuízos para ambas as partes.

Por isso, busque sempre por organizações que possuem valores alinhados com os da sua empresa, sempre levando em conta que o mais importante é encontrar um senso de complemento entre ambas.

Os riscos sempre existirão e o mundo corporativo está repleto deles, mas não se deve desistir no primeiro insucesso.

O melhor a se fazer é estudar a fundo cada tipo de parceria e também quem serão seus parceiros.

Dessa forma, é possível diminuir os riscos e criar parcerias que de fato impulsionem os resultados da sua empresa.

Gostou do post?, visite o site da Help e leia muitos mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: ana.paula@helptechnology.com.br

Whatsapp: Ana Paula Mota 

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)
Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *