5 Dicas de Design para Alavancar seu E-commerce

design

O design do seu e-commerce vai muito além do logo e da paleta de cores do seu site. É o design que vai destacar o seu site dentre as milhares de informações que aparecem na telinha do usuário.

É mais do que identidade visual! Ter um design inovador, criativo e, acima de tudo, estratégico pode oferecer resultados como:

  • Aumento da taxa de conversão
  • Mais tráfego
  • Mais credibilidade
  • Aumento de vendas

Quando falamos de design para e-commerce, estamos pensando na experiência do usuário. Se a sua loja virtual for uma explosão de cores, textos e imagens, o usuário pode se perder e ficar facilmente cansado de olhar para tanta coisa.

O consumidor quer ter uma experiência positiva no seu site. Ele deve conseguir ficar o tempo que quiser navegando pelas páginas do site e encontrar tudo que ele precisa.

Vantagens de investir no design do e-commerce

Há uma série de benefícios que um bom design pode agregar à sua loja. Veja os principais:

  • Aumenta a atração dos clientes
  • Fortalece a identidade visual da marca
  • Transmite a personalidade da marca
  • Melhora a comunicação com o público
  • Valoriza o preço dos produtos
  • Aumenta a credibilidade da empresa

Como melhorar o design do meu e-commerce?

Ao desenvolver o projeto de design da sua marca na Internet, tenha um time de programação alinhado com a sua equipe de designers para juntos construírem um site eficiente e que transmita a mensagem que a empresa quer passar.

Ao alinhar as estratégias de design da sua loja virtual, não deixe de fora as seguintes dicas que separamos para te ajudar a ter um e-commerce de sucesso. Confira!

1. Não sobrecarregue o layout

Um layout poluído confunde o visitante e dificulta a navegação do usuário, que não vai encontrar facilmente as informações principais na sua loja virtual.

Evite o excesso de cores, textos desnecessários e escolha estrategicamente o que será exibido na página inicial. Evidencie o que é mais importante, como a barra de pesquise, o menu e o campo de cadastro de e-mail

Isso serve para todas as páginas do seu site ou endereço eletrônico. Se o cliente não conseguir se guiar pelas páginas com facilidade, as chances de abandonar o site são grandes.

2. Hierarquize os produtos

A ordem em que os produtos aparecem para os usuários pode determinar quais vendem mais e quais vendem menos. 

É um fator muito importante para a organização do site, que pode influenciar diretamente nos resultados das vendas.

Elabore uma estratégia de hierarquização de produtos. Seja por ordem de lançamento ou de ítens promocionais, tendo sempre em mente o que você quer que o visitante veja primeiro. 

Se você quer liberar o estoque antigo, por exemplo, é interessante colocar esses produtos no topo da página. 

Uma ótima estratégia é expor primeiro os produtos que estão com desconto, assim o cliente será direcionado para páginas internas do seu site. Isso ajuda a gerar retenção do usuário no seu site, além de claro, fazê-lo aproveitar o desconto. 

3. Faça um layout intuitivo

Existe uma certa lógica comum a todos os sites, que os usuários já estão condicionados a seguir. Como a barra do menu no canto superior da página, e o direcionamento para a Home da página ao clicar no logo da marca. 

Certifique-se de que o seu site é intuitivo e ainda tenha a identidade da marca, para que o cliente consiga conhecer o seu negócio do jeito certo.

Crie um roteiro para o seu site. O que o usuário vai fazer assim que se deparar com a página inicial, quais informações vão surgir conforme ele rolar a página?

Se as informações não seguirem uma lógica, o cliente pode não entender muito bem do que se trata a sua empresa e o que fazer dentro do site.

4. Comunique a identidade da marca 

Tome cuidado para não se perder e deixar a identidade visual do seu negócio de lado. Em todas as páginas do site o cliente precisa sentir que está dentro da sua loja física, e não em outro lugar. 

Desde as cores, tipografia, estilo das imagens, artes, até a própria comunicação adotada no site. Tudo isso precisa indicar claramente quem é a marca e com quem a sua marca se comunica. 

5. Organize a categoria dos produtos

As categorias segmentam os produtos da sua loja, ajudando o cliente a encontrar exatamente o que ele quer comprar.

É muito importante que as categorias sejam fáceis de entender e segmente corretamente os produtos. 

Ofereça a ferramenta de filtro, para o cliente escolher as características que quer no produto.

“Sapatos” é uma categoria muito ampla. Se o cliente está em busca de uma categoria específica de sapatos, como uma bota de cano alto, de couro e marrom: o filtro é a ferramenta ideal para ajudá-lo a encontrar a bota rapidamente, sem precisar rolar os produtos por muito tempo.

Tente ao máximo facilitar a experiência do usuário, com informações claras que não deixem dúvidas.

Você pode pedir para a equipe de programadores otimizarem a ferramenta de busca para aparecer os produtos certos e relacionados quando o usuário fizer uma pesquisa.

Faça o design do seu e-commerce com a Help!

Design inovador, utilizando os melhores programas do mercado, com os melhores especialistas? Sim! O serviço da Help tem tudo isso e muito mais. Faça com a gente:

  • Logos
  • Manual da marca
  • Branding
  • Artes para Social Mídia
  • Banners
  • Artes para campanhas de Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads

Ficou interessado? Entre em contato no nosso WhatsApp (11) 4746 8556.

Gostou do post? Visite o blog da Help para ler mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: bruna.teixeira@helptechnology.com.br

Whatsapp: Bruna Teixeira

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)
Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *