Convênio Médico ou Plano de Saúde: qual a diferença?

convenio

No dia a dia, é comum nos referirmos a convênio médico e plano de saúde como o mesmo serviço, no entanto, são bem diferentes. O convênio médico, por exemplo, é um serviço que costuma ser mais em conta, pois não cobre assistência hospitalar. 

Ao tomar a decisão de contratar um serviço de saúde, é muito importante entender como funcionam, quais são as vantagens e desvantagens, e qual se adequa melhor à sua necessidade. 

Neste conteúdo, explicamos simplificadamente como funciona cada serviço para te ajudar a tomar a decisão certa para a sua saúde. Vamos juntos? Boa leitura!

Convênio Médico 

O convênio médico é um serviço de saúde que oferece consultas e exames médicos por um valor mais em conta. 

Também é chamado de plano assistencial, o que ajuda a compreender as diferenças em comparação ao plano de saúde, já que reforça a ideia de prestar assistência.

O convênio pode ser contratado individualmente, para a família, empresas e de forma coletiva junto a uma associação de profissionais (como um sindicato).

A principal diferença deste serviço, é o fato de não cobrir assistência médica e hospitalar. Ele apenas garante descontos em consultas e exames laboratoriais.

Adesão

A adesão a um convênio médico é mais simples, sendo necessário apenas apresentar informações básicas para cadastro. Você pode escolher se quer adicionar dependentes para terem acesso a lista de serviços e profissionais de saúde parceiros.

Carência

Não existe carência para utilizar o convênio médico, portanto, assim que o pagamento for aprovado, você já consegue agendar consultas e exames. 

Plano de Saúde

O plano de saúde é um serviço mais completo que cobre procedimentos médicos de alto custo, o que faz o valor ser mais alto. Ele cobre consultas, exames e pode incluir assistência hospitalar.

Todas as operadoras oferecem os mesmos serviços, que fazem parte do rol de procedimentos pré-estabelecidos pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

As operadoras também devem ter uma rede de hospitais credenciados para atender os pacientes que contratam o plano de saúde.

Uma vez que todas as operadoras oferecem os mesmos serviços, o que difere os preços é a qualidade da rede de hospitais e laboratórios que o credenciado terá acesso. 

Existem três tipos de plano de saúde: individual, familiar e empresarial. 

Individual

A maioria das operadoras de plano de saúde oferecem planos coletivos, sendo mais difícil encontrar planos individuais. Outro fator a se levar em conta, é a cobertura do plano, que costuma ser apenas regional na modalidade individual, limitando a oferta dos serviços.

Familiar

Uma vantagem do plano de saúde familiar, é a possibilidade de contratar a modalidade PME (Pequena e Média Empresa). Para isso, é necessário possuir um registro de CNPJ e ter no mínimo de 2 a 3 pessoas para ingressar no plano. Dependendo do plano, uma delas deve ser a portadora do CNPJ. 

Empresarial

O PME atende famílias e pequenas empresas com até 29 pessoas. Já o plano empresarial atende empresas com mais de 30 pessoas. Os valores são definidos com base no perfil dos funcionários, onde são analisados fatores como idade, gênero, etc.

Coberturas

As coberturas servem para definir quais serviços o credenciado terá acesso. O plano ambulatorial, por exemplo, cobre apenas consultas. Já o plano hospitalar cobre procedimentos hospitalares, como consultas e internações.

As acomodações podem ser compartilhadas ou individuais, e a abrangência do plano pode ser regional, cobrindo alguns municípios da sua escolha ou nacional, oferecendo hospitais de todo o país.

Você também pode escolher se quer cobertura de obstetrícia, para utilizar serviços de parto e procedimentos neonatais. 

Carência

A carência dos planos de saúde é um período que você precisa esperar para começar a utilizar os serviços do plano. Ela existe para as operadoras terem condições financeiras de oferecer esses serviços. 

Os períodos máximos são estabelecidos pela ANS, e cada serviço costuma ter um prazo de carência diferente. Consultas e exames geralmente são liberados após 30 dias da contratação. 

  • Urgência e emergência: 24 horas;
  • Exames, consultas e internações: 180 dias;
  • Parto: 300 dias;
  • Doenças das quais você tinha conhecimento antes da contratação: 2 anos.

Com relação às doenças preexistentes, exames de alta complexidade, cirurgias e terapias relacionadas à doença, só poderão ser realizados 2 anos após a contratação.

Reajuste

Outra característica dos planos de saúde, é o reajuste. É uma alteração no valor do plano, baseada em dois fatores: faixa etária e inflação. 

O reajuste por faixa etária é o aumento do valor do plano quando o credenciado avança de faixa etária, que no total são 10. A primeira faixa de idade é de 0-18 anos e a última é acima de 59 anos, quando esse tipo de reajuste para de ser aplicado.

Já o reajuste por inflação é a variação dos valores dos planos e dos custos médicos e hospitalares. Para os planos contratados. 

Conclusão

Agora você está mais do que preparado para analisar a melhor proposta e optar pelo serviço que melhor lhe atende. Seja convênio ou plano de saúde, ambos possuem suas vantagens e benefícios. 

Convênios com até 30% de redução de custo

Help Technology entende a importância de ter acesso a saúde de qualidade, por isso oferece os melhores planos do mercado por muito menos! Temos parceria com a E7 Seguros e priorizamos a sua saúde financeira acima de tudo.

Você pode continuar com o seu plano atual, frequentando os mesmos hospitais e clínicas e passando pelos mesmos médicos: pagando menos!

Oferecemos convênios médico, odontológico, familiar, individual e empresarial. Conheça nossos planos:

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficou interessado? Entre em contato conosco no WhatsApp (11) 4746 8556  e faça sua cotação.

Gostou do post? Visite o blog da Help para ler mais assuntos como este.

Para mais infos:

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)

Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *