benchmarking: O que é e 7 formas para colocar em prática

benchmarking

Aprenda o que é Benchmarking e seus benefícios

O que é benchmarking?

O que é Benchmarking? Qual a importância para sua empresa? - José Roberto Marques - Presidente do IBC Coaching

Em resumo, benchmarking é um processo de estudo e avaliação de concorrência, podendo ser uma análise profunda das melhores práticas usadas por empresas de um mesmo setor que o seu e que podem ser replicadas pela sua empresa.

O benchmarking pode ser aplicado a qualquer produto, processo, função ou abordagem nos negócios. 

Ao estudar empresas referências em seu segmento, analisando o que torna esse desempenho superior possível e comparando esses processos com a forma como sua empresa opera, você pode implementar mudanças que trazem melhorias significativas.

Tal prática que também é conhecida como engenharia-reversa (e não perversa). A partir disso, a benchmarking é definida como “o processo contínuo de mensurar e compararmos os nossos produtos, serviços e práticas com os mais fortes concorrentes ou com as empresas reconhecidas como líderes da indústria”.

Categorias de benchmarking

Com todas as formas de utilizar o benchmarking, com o tempo foram criadas categorias, são elas:

Competitivo: Se concentra exclusivamente na comparação de seus próprios processos e métricas com os de concorrentes diretos. Requer acesso a informações do segmento de mercado ou dados específicos da empresa.

Genérico: O benchmarking genérico envolve a coleta e comparação de informações qualitativas sobre como uma atividade é conduzida considerando pessoas, processos e tecnologia.

Performático: Está relacionada ao desempenho dos negócios, onde ocorre o rastreamento de métricas e indicadores-chave de desempenho, podendo comparar os resultados anteriores com os padrões atuais.

Interno: É realizada uma comparação um processo/tarefa a outro processo/tarefa semelhante na sua própria empresa.

As 3 principais vantagens do benchmarking interno são:

  • Acesso facilitado a dados e informações confidenciais

  • Dados padronizados estão frequentemente disponíveis

  • Geralmente, requer menos tempo e menos recursos.

Cooperativo: As empresas procuram parceiros de diferentes setores de negócios ou áreas de atividade para encontrar maneiras de melhorar funções ou processos de trabalho semelhantes.

Os benefícios de fazer benchmarking

Benchmarking: o que é e como aplicar em sua empresa – Novidá

  • Descobrir práticas de sucesso de empresas que já têm conhecimento estabelecido sobre um determinado assunto;

  • Identificar novas tendências e sair à frente;

  • Receber novas referências de empresas que atuam no mesmo segmento que o seu;

  • Ganhar uma base argumentativa para discutir o curso de novos investimentos no futuro;

  • Criar um plano para desenvolver estratégias e habilidades que colocarão a empresa no rumo do crescimento;

  • Melhorar o conhecimento que a organização tem de si mesma;

  • Aprimorar seus processos e práticas empresariais para chegar o mais próximo da excelência;

  • Motivar sua equipe para alcançar objetivos realizáveis, já atingidos por outras empresas;

  • Ganhar maior conhecimento do mercado;

  • Aprender com quem já passou pelos mesmos desafios;

  • Buscar redução de custos, aumento na produtividade e ampliação na margem de lucro, etc.

Como colocar o benchmarking em prática

O Que é Benchmarking? Como Ele Auxilia o Profissional e a Empresa - Marcus Marques

1. Planejamento: Onde você está e onde quer chegar. Através de quais técnicas e observando quais aspectos (concorrência, mercado, etc.)

2. Extração de dados: Definição das técnicas que serão utilizadas para extrair os dados.

3. Análise: Identifique onde os processos e estratégias das outras empresas diferem daqueles utilizados pela sua empresa.

4. Adaptação: Adapte estratégias, técnicas e processos aplicáveis e relevantes para sua empresa. Defina também o escopo do seu projeto.

5. Implementação: Coloque as melhorias em prática, acompanhando de perto os efeitos resultantes dessas melhorias, fazendo ajustes quando necessário.

6. Reiniciar: Quando seus resultados forem totalmente (ou em sua maior parte) positivos, você deve reiniciar o ciclo, encontrando novas oportunidades de melhorias.

O que evitar no benchmarking

Benchmarking: entenda o conceito e como aplicar em sua empresa

Para um benchmarking de sucesso, é preciso evitar alguns erros, que podem desperdiçar todo o seu esforço e não agregam valor algum ao seu negócio:

  • Encarar o benchmarking como um processo único, em vez de um ciclo que deve ser mantido

  • Não definir objetivos SMART (específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais)

  • Metas e objetivos SMART são específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais

  • Coletar e analisar dados irrelevantes para o seu negócio e implementar melhorias incompatíveis com as especificidades da sua empresa

  • Não implementar melhorias e/ou aproveitar as oportunidades descobertas no benchmarking

  • Deixar de acompanhar os indicadores-chave de desempenho para avaliar os resultados das melhorias aplicadas.

 

O benchmarking é uma prática comum e um exercício estratégico para estabelecer linhas de base, definir as melhores práticas, identificar oportunidades de melhoria e criar um ambiente competitivo na sua empresa. 

Integrar o benchmarking traz dados valiosos, que incentivam a discussão e geram novas ideias e práticas. 

Sem falar que o benchmarking pode ser usado como uma ferramenta para ajudar sua empresa a avaliar e priorizar oportunidades de melhoria.

Gostou do post?, visite o site da Help e leia muitos mais assuntos como este.

Para mais infos:

E-mail: ana.paula@helptechnology.com.br

Whatsapp: Ana Paula Mota 

Telefone: (11) 4746 8556 (São Paulo)
Telefone: 0800 591 5517 (demais localidades)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *